Cores e dicas de como pintar apartamento pequeno sozinho

como pintar apartamento sozinho
Como pintar apartamento sozinho

A expressão "faça você mesmo" no português do Brasil, nada mais é que fazer o trabalho por conta própria, a mesma também conhecida no idioma dos Estados Unidos como "DIY", que traduzida significa "faça sem a ajuda de ninguém", e de fato, essa tem sido cada vez mais usada na web, principalmente, no YouTube e, geralmente por causa de exercícios de instrução sobre como fazer embelezamento, pequenas reformas e planejamento do lar.

Antigamente, dificilmente víamos pessoas inexperientes dando dicas na Internet sobre como fazer alguma coisa sozinho(a), porém, atualmente é concebível cuidar dos negócios e ainda fazer coisas surpreendentes em sua própria casa.

Pois é. Com evolução tecnológica e a inclusão digital, muitas pessoas estão tendo acesso a informação de qualidade e inclusive, tutoriais elaborados por pessoas que são consideradas amadores, mas que se especializaram no estilo DIY.

A tendência DIY é para aquelas pessoas que não desejam contratar especialistas para a reforma do seu lar, pois, prefere gastar praticamente nada com mão-de-obra e ainda criar um estilo genuíno e adquirir habilidades que são regularmente negligenciadas por muitas pessoas.

Já imaginou pintar você mesmo a casa é se tornar um desses casos DIY: Claro, com a devida consideração, é possível pintar uma superfície plenamente e sem ter experiente em pintura.

É viável fazer uma pintura sem recrutar uma empresa de pintura?

Sim, mas lembre-se de que existem etapas na pintura que devem ser seguidas e que há erros e acertos significativos ao realizar algo que nunca foi feito por você sozinho(a).

Então, para este tutorial de como pintar apartamento sozinho(a), vou tentar minimizar ao máximo as etapas de pintura para que você venha ter uma leitura bem minimalista e eficaz.

Confira o passo-a-passo de como pintar apartamento sozinho(a) de maneira impecável e profissional.

As cores do apartamento:

Escolha das cores é o primeiro passo da pintura, por isso, antes de qualquer coisa, você deve definir a cor de cada parede do apartamento.

Caso esteja sem ideia de qual cor escolher, sugiro que pesquise por catálogo de cores das empresas fabricantes de tintas, pois, fazendo isso, você poderá comparar as tonalidades das tintas e escolher o tom que mais chama sua atenção!

Acabamento da tinta:

O acabamento da tinta é algo que deve ser definido antes de comprar a tinta para a pintura, pois de fato, esse, pode variar desde fosco, eggshell, acetinado/lavável, semi-brilho e até brilhante.

Fosco: Geralmente, costuma ser utilizado em tetos e em paredes onduladas e com imperfeições, pois, disfarça bem os defeitos e também tem lá seu custo-benefício, já que na maioria das vezes se trata de tinta da categoria econômica.

Eggshell (Casca de ovo)

O acabamento eggshell, nada mais é que a famosa tinta casca de ovo, ou seja, uma tinta semi-acetinada, intermediária entre a fosca e a acetinada. Essa tinta também é considerada pelos fabricantes como sendo lavável e faz parte da categoria Premium, além disso, por ser semi-acetinada, esconde os defeitos e ondulações das paredes e ainda pode ser limpa com pano quase úmido de água.

Acetinado ou lavável

O acabamento acetinado ou simplesmente toque de seda, é uma tinta lavável que pode ser limpa com pano úmido, e costume ser fabricada na categoria Premium e de acordo com os grandes especialistas da pintura não é recomendada para paredes com imperfeições e com ondulações, pois essa, mostra todos os defeitos das superfícies mal acabadas.

Semi-brilho ou Brilhante

A tinta de acabamento Semi-brilho, em comparação com os demais, é a que mais brilha e reflete a luz do ambiente. Geralmente é indicado para área externas e internas, e essa, costuma ser fabricada na categoria Premium ou Standard. Não é recomendável usar esta tinta em ambientes com paredes imperfeitas e com ondulações, pois reflete as imperfeições com a luz.

Agora, que você tem uma pequena noção básica sobre os acabamentos das tintas, podemos continuar com os passos para pintar um apartamento sozinho(a)...

Bom, no texto abaixo segue o passo-a-passo de como pintar um apartamento sozinho(a), então, pega logo seu pincel e tinta, porque é chegada a hora de colocar a mão na massa!

Nas etapas de preparação das paredes, a primeira coisa a se fazer é a proteção do rodapé, janelas e portas, e para isso, usa-se o famoso Papel Kraft para Pintura com Fita Crepe 0,90 m x 20 m que é ideal para auxiliar nesse procedimento.

Logo após, o passo a seguir é fazer toda a proteção do piso para evitar respingos de tinta na cerâmica ou porcelanato, então, para não ter dor de cabeça depois da pintura, o mais recomendável é usar Papelão Ondulado para cobrir o piso proporcionando assim proteção de danos nas superficies nos momentos de pintura.

Ah! Outra dica: Desligue o medidor de energia é remova as tampas das tomadas e lixe as marca quadrada que geralmente fica da pintura antiga. Caso queira as tampas mais brancas, a dica é colocá-las de mói na água com veja por 1 hora e deixe para colocá-las de volta, somente depois de finalizar a pintura.

  1.  Lixe as paredes com lixa grão 180 de N° 180 e remova o pó com auxílio de uma vassoura e um pano;
  2. Aonde tiver manchas de gordura e riscos de lápis, giz e caneta, faça a limpeza das paredes com veja e água com uma ajuda de uma esponja de louça;
  3. Tape os buraco de parafusos e buchas com gesso, aguarde a secagem, lixe e limpe a poeira do local;
  4. Aplique fundo preparador de paredes nos reparos de gesso, aguarde 2 horas e passe uma demão de massa corrida nos locais com gesso.
  5. Lixe a massa corrida nos locais com gesso, em seguida, remova o pó e aplique mais demão de fundo preparador de paredes para aglutinar as partículas soltas da massa.
  6. Agora, aplique uma demão por completa em toda a parede onde foi feito os reparos com gesso e massa corrida, aguarde 2 horas...
  7. Aplique uma demão de tinta acrílica ou pva na parede onde foi passado o fundo preparador de paredes e aguarde a secagem por 4 horas.
  8. Aplique uma segunda demão de tinta acrílica ou pva na parede e aguarde mais 4 horas para conferir o resultado.
  9. Caso seja necessário, aplique uma terceira demão de tinta na parede e aguarde 4 horas ou um dia para conferir o resultado final da pintura.
  10. Procure por falhas na pintura e caso encontre algum local com marca de rolo ou pincel, lixe suavemente com lixa d'água grão P400, remova o pó e refaça aplicação de mais uma demão de tinta nos locais que foram lixados e depois em toda parede novamente.

As ferramentas para pintura

  • Espátula de aço
  • Emassadeira de aço
  • Pincel cerdas macias
  • Rolo de lã 23 cm antigota
  • Bandeja de pintura 23 cm
  • Rolo de espuma Poliéster 11 cm
  • Máscara Descartável com filtro
  • Par de luvas de látex M

Os materiais para pintura

  • Tinta Acrílica ou Pva
  • Fundo preparador de paredes
  • Massa corrida pva
  • Gesso
  • Lixa grão 180
  • Lixa d'água grão P400
  • Veja Limpeza Pesada
  • Esponja de louça
  • Fita Crepe
  • Fita Kraft Pintura
  • Papelão Ondulado.

Por fim, se depois de todo esse passo a passo você não conseguir pintar da maneira que esperava, então, significa que irá precisar da ajuda de um profissional que seja especialista em pintura.

Se você precisar de pintor profissional para sua reforma, entre em contato conosco!

0 Comentários